PIPA: Prêmio de incentivo à Participação em Atividades

No Bacharelado em Ciência da Computação temos vários alunos que desenvolvem, além das atividades didáticas, várias iniciativas extra­curriculares de destaque.

Alguns exemplos são o USPGameDev (grupo de desenvolvedores de jogos ), HardwareLivre (grupo de alunos interessados em plataformas livres de hardware), MaratonIME (grupo de alunos interessados em competições de programação), etc.

Nosso objetivo com este projeto é valorizar os excelentes alunos, que tenham um desempenho destacado no curso e, além disso, se envolvam com outras atividades extra­curriculares e de formação e desempenhem um papel de liderança contribuindo para o ambiente acadêmico universitário.

Além disso, esse prêmio também tem o objetivo de incentivar a continuidade das atividades. Desta forma os interessados devem submeter um plano de ações para o período do prêmio. Esperamos que esse incentivo ajude na formação de lideranças entre os alunos do curso.

Para o segundo semestre de 2017 estamos oferecendo 1 (uma) bolsa no valor de R$ 750,00 por 6 (seis) meses. Esta bolsa é patrocinada pelas empresas Caelum e Alura, fundadas por ex-alunos do BCC.

As inscrições devem ser feitas até 10 de junho de 2017 preenchendo este formulário. O resultado será divulgado até 20 de junho. O início da bolsa será em 3 de julho.

O julgamento levará em conta:

  • Histórico escolar do candidato
  • Atividades extra­curriculares desenvolvidas
  • Liderança e envolvimento do aluno com as atividades do BCC
  • Descrição das atividades planejadas para o período do prêmio

A comissão que selecionará o bolsista é composta pelos professores do Departamento de Ciência da Computação Carlos E. Ferreira, Daniel Batista, Marco Dimas Gubitoso, pelo representante discente no Conselho do Departamento, Gustavo Silva, e pelo ex-aluno, Paulo Silveira.

Resultado 2017/2

A Comissão recebeu 12 inscrições de alunos muito qualificados para o prêmio, e foi uma tarefa difícil para a Comissão selecionar o ganhador. Nesta primeira edição do PIPA, receberá a bolsa pelos próximos seis meses o aluno Gabriel Capella. Capella, que diz não atender o celular, participa ativamente há anos do Hardware Livre, mesmo antes de ingressar no BCC, onde desenvolveu alguns projetos. No próximo período, com o apoio do PIPA, pretende desenvolver um projeto semelhante ao Relógio Digital de Madeira, em que os participantes estudarão conceitos relacionados com Internet das Coisas, entre outros. Além disso, pretende continuar ajudando nas atividades, palestras e workshops do grupo e nas aulas de remo nas madrugadas da raia olímpica.

O PIPA nesta edição foi patrocinado pela Alura e pela Caelum. Se você ou sua empresa se interessa em patrocinar o prêmio nos próximos semestres, entre em contato conosco.